quarta-feira, 9 de outubro de 2013

As palavras que sempre te quis dizer

Muitas vezes, arrependemo-nos das nossas palavras. Porque as palavras quando saem da boca, deixam de nos pertencer. Não há como voltar a recolhê-las. Porém... há muitos silêncios que nos esmagam.  Tanta coisa por dizer. Tanta voz silenciada.
 
Como daquela vez em que gostaríamos tanto de ter respondido à letra, mas éramos demasiadamente pequenos, frágeis ou indefesos para erguer a voz perante o outro; ou como quando à agressão respondemos nada; e que dizer do dia em que, por timidez ou cobardia, calámos a voz dos sentimentos e vimos partir para sempre alguns anjos que cruzaram os nossos destinos?

Essas palavras que gostaríamos de ter dito e nunca dissemos, perseguem-nos? Pesam-nos no coração e na alma? Doem-nos no garganta? Vamos soltá-las até ao fim da memória.
 
Juntem-se à nova oficina de escrita 'Elegias do Amor e do Ódio'. No lindíssimo e acolhedor espaço da Livraria Alêtheia.
 

Livraria Alêtheia
Rua do Século, 13, 1200-433 Lisboa
(Estacionamento no silo da Calçada do Combro)
Telefone (+ 351) 210939748 * Email: aletheia@aletheia